Criatividade para lidar com a quarentena

1 de julho de 2020 | POR COMUNICAÇÃO IJCA

Ex-alunos do Instituto JCA estão organizando uma ação criativa para compartilhar os conhecimentos que obtiveram em suas trajetórias acadêmicas. Trata-se do Quarentenados, encontros virtuais com conteúdo relevantes e dinâmicos, com temas que vão desde a garantia de direitos fundamentais e como realizar pesquisas na internet a orientações para hábitos alimentares mais saudáveis;

De acordo com Henrique Ferreira, presidente do Conselho de Ex-alunos do IJCA, o objetivo é contribuir com a divulgação de conteúdos informativos de diferentes áreas do saber, tendo em vista o isolamento social. “Para nós, o Quarentenados nada mais é do que um modo de atuação social, troca de conhecimento e humanização mediante afeto, idealizado com o fim de reflexão sobre o que está sendo viver a quarentena”, complementa.

Os encontros são abertos a todos os interessados, realizados via plataforma Google Meet, sempre às 18h30. Para acessar a sala do encontro, basta clicar no link >> https://cutt.ly/quarentenadosIJCA

Confira a agenda dos próximos encontros:

01/07 – Práticas alimentares na Quarentena, com Daniele Nascimento

08/07 – Momento literário, com Isabela Azevedo

15/07 – Direitos fundamentais na nossa Constituição, com Poliana Calegario

Grande estreia

A estreia do Quarentenados foi dia 24 de julho com o tema “Metodologia de pesquisas online”, conduzido por Evelyn Pereira. Participaram do encontro cerca de 40 pessoas, entre estudantes e profissionais da área de Educação. Evelyn, ex-aluna do programa Fortalecendo Trajetórias e estudante de Biblioteconomia e documentação na Universidade Federal Fluminense  apresentou sites para pesquisa e estudo nesse momento desafiador de pandemia.

“Escolhi sites com ferramentas gratuitas e diferentes abordagens de estudo, para que assim os diferentes alunos possam se identificar com a abordagem e se sentir mais confortável para estudar.  Eu fiquei absurdamente feliz com a experiência, foi incrível estar em uma videochamada e ver que os alunos estavam anotando e se identificando com meus comentários. Eu me me senti muito útil em ajudar e saber que fiz diferença no meio de um momento tão conturbado que vivemos”, afirma Evelyn. 
Cliquei aqui e leia as indicações da Evelyn.

Quer saber quem faz o Quarentenados acontecer?

Clique aqui e conheça os jovens!